mercoledì 2 aprile 2008

Inicio dos documentários sobre Portugal na Roma Tre

António Barreto

Sob a orientação da Professora Giulia Lanciani, e inserido nos trabalhos do leitorado de Português, terá início no próximo dia 5 de Abril, sábado, pelas 10 horas, o ciclo de sete documentários intitulado


“Portugal, um retrato social”



Este é um retrato do nosso país. Um retrato da sociedade contemporânea. É um retrato de grupo: dos portugueses e dos estrangeiros que vivem connosco. É um retrato de Portugal e dos Portugueses de hoje, que melhor se compreendem se olharmos para o passado, para os últimos trinta ou quarenta anos.

Da autoria de António Barreto e realizada por Joana Pontes, esta série é um retrato da sociedade portuguesa contemporânea. Tenta responder às perguntas mais simples.
Quem somos?
Onde vivemos?
Como trabalhamos?
Que saúde, que educação e que justiça temos?
Para isso, o autor recorre à comparação com o que éramos há três ou quatro décadas e sublinha especialmente as grandes mudanças ocorridas desde então. É o mesmo país, mas os portugueses já não são os mesmos.


Mudámos muito, em pouco tempo. Podemos viver melhor ou não, mas vivemos de modo diferente.



1º EPISÓDIO

SÁBADO
5 ABRIL
10HOO

AULA 21

Gente diferente: Quem somos, quantos somos e onde vivemos



Os portugueses são hoje muito diferentes do que eram há trinta anos. Vivem e trabalham de outro modo. Mas sentem pertencer ao mesmo país dos nossos avós. É o resultado da história e da memória que cria um património comum. Nascem em melhores condições, mas nascem menos. Vivem mais tempo. Têm famílias mais pequenas. Os idosos vivem cada vez mais sós.







MAIS sobre António Barreto:

http://pt.wikipedia.org/wiki/António_Miguel_Morais_Barreto

https://www.ics.ul.pt/rd/person/ppgeral.do?idpessoa=15

1 commento:

AQF ha detto...

É um belíssimo, e muito verdadeiro, documentário. Daqueles que o país deve parar para ver.