venerdì 23 ottobre 2009

Continuar "Os Maias": Rosanna Cimaglia


Versão nº 6: Rosanna Cimaglia.
- Que diz o Sr. Pimenta da senhora condessa, Baptista? Ela diverte-se?


Ao ouvir aquela pergunta, Baptista parou um instante e logo, continuando os seus deveres, respondeu a Carlos:
- Que pergunta é essa V. Ex.ª! Com certeza a senhora se veste-se! E ela tem sempre com roupas à moda. Como já lhe disse ela era uma Miss Tompson do Porto, ela vem duma família rica acostumada a tratar-se bem e a frequentar ambientes à moda... O senhor tem de saber que a condessa é uma das mulheres mais admiradas na cidade pela sua elegância...
- Tista, o que é que estás a dizer?! Eu perguntei-te se ela se diverte!!
- Ah, desculpe meu senhor...sim...se ela se converte...? Mas porque é que ela se deveria converter? O senhor acha que é melhor ser doutra religião?
- Baptista pára um momento! Ficaste surdo? Eu perguntei-te se ela se diverte, percebes? DI-VER-TE-SE...

Baptista tinha percebido desde o primeiro instante o que Carlos queria saber, mas ele não queria responder. Carlos era um homem superficial, leviano, que gostava só de gozar e brincar. Ele não tinha ocupação nenhuma, ele não sabia mesmo da existência da palavra “trabalho” ou do respeito pelos outros. Ele tinha ganho o título nobiliárquico ao jogo e depois de ter dissipado o dinheiro da sua família estava a tentar a sorte seduzindo mulheres nobres e com muito dinheiro...e se elas eram bonitas e disponíveis, tanto melhor!

Baptista, continuando a sua farsa, respondeu-lhe:
- Desculpe, meu senhor, é que estou com gripe e não ouço bem. Para responder à sua pergunta digo-lhe que com certeza que a senhora condessa se diverte. Acho tão gentil que V. Ex.ª se preocupe com a saúde e o tempo livre da senhora, agora que sabe que o casamento da condessa não é feliz... mas a condessa é uma mulher inteligente e hábil e sabe bem como empregar o seu tempo livre!
- Ah, muito bem, Tista... Continua lá...
- Sim, ela sabe jogar bem a poquer, ela gosta muito de andar a cavalo e de ir ao teatro e...
- Tista! Tista! O que é que está a acontecer contigo hoje! A minha pergunta é clara! A senhora condessa tem amantes?

Baptista não podia continuar esconder-se atrás as palavras. Era preciso responder a Carlos... E então começou a contar do Pimenta e da condessa, de como ela lhe tinha feito uma corte tão grande que ele não tinha podido resistir. Ela divertia-se muito com o Pimenta (não era por acaso que ele era chamado de “Pimenta”...) mas ele era um homem com sentimentos e tinha ficado tão apaixonado por ela, que queria viver com ela e não podia tolerar mais ver a mulher amada maltratada por um marido rude, grosseiro e maçador... Estas coisas não estavam no género do Pimenta. Ele tinha tentado convencer a condessa a fugir – até tinha pedido a sua ajuda - mas ela tinha preferido continuar a mandar o condado à tábua às vezes, mas ficar com o seu título nobiliárquico. De resto... uma mulher de grande fascínio como ela não tnha nenhum problema em encontrar um outro amante...

- Então, Tista, ela esta à procura... (era claro que o facto do Tompson velho não querer abrir os cordões à bolsa era um problema, mas ele saberia como a seduzir...)

Mas o Tista, que se estava a divertir com Carlos, não tinha intenção de acabar ali mesmo o seu entretenimento e respondeu a Carlos:
- Meu senhor...acho que tem de esperar a sua vez... pois V. Ex.ª não sabe que “a ocasião faz o ladrão”?

ROSANNA CIMAGLIA

1 commento:

Roberta ha detto...

Eu não sei se a Condessa se diverte... Sei que eu me diverti muitíssimo a ler a composição da Rosanna e aquelas dos outros talentos literários do Ipsar. Muitos parabéns!