mercoledì 14 dicembre 2011

Emanuele Inserto: conto de Natal (2)



Ilustração de CATERINA MARTINI publicada em http://crazyoverdaisy.typepad.com/blog/




Pedimos aos alunos que escrevessem um pequeno conto de Natal...







O CORDEIRO DE AÇÚCAR

O Jorginho ficava sentado com toda a sua família ao redor da mesa cheia de comida. Perto dele a sua prima Joana esperava o fim do jantar com impaciência para comer o chocolate que a sua mãe comprara para ela.

"Que bom o meu chocolate! É tão doce! E tu, não tens?", perguntou-lhe a menina.

"Não. Não o tenho!”, respondeu tristemente o Jorginho. "Mas tenho um cordeiro de açúcar!" e voltou-se para olhar debaixo da árvore de Natal. O cordeiro estava ali, todo branco, no seu plástico dourado e transparente. "Tu não tens um?" perguntou então à prima."Olha que lindo. É tão bom!"

Ao fim do jantar todas as pessoas da família trocaram os presentes.
Na confusão o Jorginho pôs-se a procurar o cordeiro mas...já lá não estava!

"Onde está? Onde foi? Onde está meu cordeiro de açúcar", gritou o Jorginho."Quem o está comendo? O meu cordeiro desapareceu. Quem o roubou?"

"Talvez haja um lobo em casa, meu bem", brincou o avô. "Ou uma loba...", disse sorrindo.

"Joana, onde está o cordeiro do Jorge?" disse a mãe à sua menina.
"Não o sei", respondeu ela. "Talvez ele esteja pastando. Têm que procurá-lo fora, nos prados..."

Que tragédia!
Que Natal amargo!
Que sonhos terríveis na noite do choro.

Na manhã seguinte, antes do pequeno-almoço, um cordeiro negro de chocolate amargo estava no centro da mesa, em frente do avô que o olhava.

"É tão bom, Jorginho, o queres?"
"Não, avô, este é amargo demais. Eu quero o de açúcar"
"Eh, sim, aquele de açúcar...é tão bom...mas ontem, a sua prima......que ladra!"






EMANUELE INSERTO

1 commento:

Cathy ha detto...

Un dolce Natale a Francisco e a tutti gli alunni dell'Istituto Portoghese!