martedì 5 maggio 2015

La parola allo studente: Alessandro Paoloni, "Na primavera... não bebas com o estômago vazio"

Agradecemos o texto divertido ao nosso aluno Alessandro Paoloni, que estuda Português no 1º nível do Instituto Português de Santo António em Roma.



Na primavera...não bebas com o estômago vazio

“Boa tarde senhor, quer algo para beber?”
“Um cuba libre, faz favor.”

...Ah como gosto da primavera!

Às sete da tarde o céu em Roma ainda está colorido de rosa e parece que as dias não terminam mais. A gente põe vestidos frescos e mais coloridos do que no inverno: t-shirts, saias curtas, camisas em linho, vestidos de manga curta... e as raparigas na primavera... woow!!!

“Faz favor, traga-me outro, mas menos forte que aquele de antes. Ainda não tomei o meu jantar.”

...Neste fim de semana vamos à praia de Ostia. Saímos cedo de casa, pomos uma toalha no saco e partimos no carro do meu primo. (Vou dizer-te um segredo: a praia de Ostia na primavera é estupendíssima. Não há muitas pessoas, o ar está fresco e as bebidas nos cafés são menos caras do que no verão.) Se gostas de fazer deporto, há muitos espaços dedicados a ele, campos de ténis e de voleibol de praia.)

“Toma outra bebida?”
“Sim, o último cuba libre e depois traga-me a conta, faz favor”.

O que é que estava dizendo?
Ah, sim... a primavera... quando andas pelas ruas de Roma sentes os cheiros de flores misturados àqueles da cozinha... e ouves música de rua e mil línguas que vêm de todas as esquinas do mundo.

“Obrigado... fogooo! 20 euros de cuba libre!!!”

Que boa é a primavera, mas também cara!

Deixo o dinheiro, levanto-me da cadeira, ponho o copo em cima da mesa e vou passeando até casa. Antes de chegar quase caio no chão... bebi talvez demais... mas como é boa a primavera.

Alessandro Paoloni

1 commento:

mtt cnl ha detto...

divertentissimo: complimenti! ...Gosto de um Martini, dois no máximo, com três estou embaixo da mesa, com quatro, embaixo do anfitrião. (Dorothy Parker)