martedì 5 maggio 2015

Todos nós temos Amália na voz

Diz-se que conforme a língua que falamos, assim a nossa voz se modifica, adquirindo um timbre específico.
Quem aprende Português - diz-nos António Variações - tem por força de ter Amália na voz!





Fiz dos teus cabelos a minha bandeira
Fiz do teu corpo o meu estandarte
Fiz da tua alma a minha fogueira
E fiz, do teu perfil, as formas d’arte

Todos nós temos Amália na voz
E temos na sua voz
A voz de todos nós

Dei o teu nome à minha terra
Dei o teu nome à minha arte
Dei a tua vida à primavera
Dei a tua voz à eternidade

Todos nós temos Amália na voz
E temos na sua voz
A voz de todos nós

Fiz das tuas lágrimas a despedida
Dei aos teus braços a minha dança
Dei o teu sentido à minha vida
E o grito dei-o ao nascer de uma criança

Todos nós temos Amália na voz
E temos na sua voz
A voz de todos nós

As tuas mãos ao meu destino
O teu olhar ao horizonte
Dei o teu canto à marcha do meu hino
Dei a tua voz à minha fonte

Todos nós temos Amália na voz
E temos na sua voz

A voz de todos nós

1 commento:

mtt cnl ha detto...

...as letras são muito comoventes: obrigado!