giovedì 28 gennaio 2016

Nuno Costa: "Trabalhar o som como se fosse uma escultura"

http://www.tsf.pt/cultura/musica/interior/trabalhar-o-som-como-se-fosse-uma-escultura-4980214.html


música

"Trabalhar o som como se fosse uma escultura"

15 de JANEIRO de 2016

 


Nuno Costa foi o primeiro português a ganhar o prémio de Melhor Jovem Compositor do Mundo. A propósito do Dia Mundial do Compositor, que se celebra esta sexta-feira, conversamos com o músico, natural de Ribeira de Pena e que, apesar de estar há dois anos a viver em Roma, sonha poder compor para o mundo a partir da sua aldeia.

 

"Fascina-me a ideia de poder comunicar com os outros através do som. Trabalhar o som como se fosse uma escultura"

Nuno Costa tem 28 anos, é natural da Vila de Cerva, concelho de Ribeira de Pena, Vila Real.

"O gosto pela música apareceu por volta dos 8 anos porque a minha família, não sendo uma família de músicos, tinha as populares concertinas e acordeões, da parte da minha mãe sempre houve esse cultivo da música popular".

Estudou música em Vila Real, licenciou-se na ESMAE - Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto e mais tarde estudou composição no Conservatório Real de Antuérpia. Desde 2013 está em Roma, na Academia Nacional de Santa Cecília. Mas Portugal e a Vila de Cerva fazem parte dos planos para o futuro.

"Portugal é a minha base, é tudo o que sou e represento, Comecei em Portugal e depois é uma questão de conhecer o mundo, abrir horizontes, conhecer novas pessoas".

No final do ano passado, Nuno Costa deixou um marco na história - foi o primeiro português a ganhar o título de melhor Jovem Compositor do Mundo (um prémio atribuído pela Sociedade Internacional para a Música Contemporânea).

"Já tenho mais encomendas, penso que se não fosse pela visibilidade que o prémio me deu não as teria. Mesmo em Portugal o prémio deu-me visibilidade."

Nuno Costa assume-se como um sonhador. "O meu ideal de vida era poder viver em Cerva, ter o meu escritório, poder compor e a partir daí para o mundo. Ter concertos em Portugal e no mundo e andar sempre nesse pingue-pongue".

Os próximos meses deste jovem compositor vão ser passados em Espanha, Nuno Costa ganhou uma bolsa para uma residência de 3 meses na Academia de França em Madrid, a Casa Velázquez.


 

1 commento:

mtt ha detto...

Parabéns Nuno Costa! ouvi na Academia Nacional de Santa Cecília uma breve passagem da composição "rituais", para contrabaixo e uma dançadeira: foi muito muito impressionante...