venerdì 19 gennaio 2018

ESTELLE VARGAS, "A tristeza enfeita-se"

A Poeta Luso-Italiana ESTELLE VARGAS tem vários livros publicados em italiano e recentemente publicou um livrinho de artista em português...

A TRISTEZA ENFEITA-SE

A tristeza enfeita-se,
põe-lhe uma toalha de renda
e uma jarra de flores
senão é feia e não vale a pena.
A tristeza enfeita-se,
chora à frente do espelho
a ver o rímel esborratar-se
ou então não chores.
Chora como se tivesses público
e aplaude solenemente.
Olha, vês? As sobrancelhas
arqueadas desta maneira?
Isso mesmo, muito bem.
A tristeza enfeita-se,
rega esses pensamentos,
murchos estragam a vista.
A tristeza veste-se para a festa,
põe o serviço bom na mesa
e a meio da ceia parte tudo
surpreendendo os convidados.
Veste-te, sê uma tristeza digna.
Aqui tens o xaile de lantejoulas,
vem que te penteio o cabelo.
A tristeza enfeita-se, toma,
calça os sapatos vermelhos
e dança ao ritmo dos teus soluços.
A tristeza é uma arte, como tudo o resto.
Não a estragues com tristeza barata,
desbotada e aborrecida. 


1 commento:

Estelle Vargas © 2018 ha detto...
Questo commento è stato eliminato dall'autore.